cv

cv

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Aviões da FAB decolam de Manaus para resgatar corpos em Medellín

As aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) que aguardavam em Manaus autorização para decolar para a cidade colombiana de Medellín partiram entre 11h e 11h30 (horário local), desta sexta-feira (2). Os três aviões C-130 Hércules farão o transporte de corpos das vítimas do acidente envolvendo o time do Chapecoense e jornalistas, ocorrido na terça-feira (29), da Colômbia até Chapecó, em Santa Catarina. O desembarque dos corpos deve ocorrer na manhã de sábado (3).

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), oito tripulantes seguiram em cada avião. Dois membros do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) também foram enviados. Ao todo, 60 militares estão envolvidos na ação.

A FAB informou ainda que a previsão é que o voo dure cerca de quatro horas até Medellín. O tempo de embarque dos corpos deverá ser de no mínimo duas horas.

No retorno ao Brasil, as aeronaves farão escala em Manaus para realização de um procedimento obrigatório, chamado de desembaraço alfandegário. Cerca de seis horas após a saída da capital amazonense, os corpos devem chegar até Chapecó (SC), onde será realizado o velório e enterro de parte das vítimas do voo Lamia 2933.

"Os [corpos de] atletas e comissão que têm relação com a cidade de Chapecó serão transportados pelas nossas aeronaves. Os jornalistas [mortos no acidente] serão transportados em aviões fretados com destinos distintos", disse o major brigadeiro Waldeísio ao G1.

A aeronave C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira já foi usada em 2010 para o transporte dos corpos de militares brasileiros, mortos no terremoto no Haiti.

Acidente
O voo que transportava a equipe da Chapecoense partiu na noite de segunda-feira de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín. Segundo a imprensa local, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília), entre as cidades de La Ceja e Abejorral, e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.
Aeronaves decolaram com intervalo de 15 minutos (Foto: Suelen Gonçalves/ G1 AM)
Primeira aeronvae saiu às 11h de Manaus, no horário local (Foto: Suelen Gonçalves/ G1 AM)

Segundo autoridades colombianas, há 75 mortos e seis sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.



tópicos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário