cv

cv

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Morador de rua é suspeito de estuprar e matar dona de creche, diz polícia


A Polícia Civil já identificou o suspeito de estuprar e matar Maria Amélia Santos, de 63 anos, dentro de uma creche no bairro do Arenoso, em Salvador. Segundo informações da polícia, se trata de um morador de rua, de prenome Eric, que havia sido acolhido pela idosa em troca de serviços para a instituição.


(Foto: Tailane Muniz/CORREIO)


O crime aconteceu por volta das 20h30 deste domingo (6), na Creche Escola Menino Jesus. Segundo a polícia, a casa da vítima é anexa a creche.

Ela foi localizada pelo filho, que a encontrou nua e com sinais de estupro. Ela também apresentava uma lesão na cabeça, segundo a Central de Polícia.

Eric ainda não foi localizado, mas segundo a polícia, ele passou a ter acesso à creche depois que Maria Amélia o acolheu, em troca de pequenos serviços. De acordo com a investigação, ele havia sido expulso da comunidade por conta de alguns arrombamentos. Na noite de ontem, ele retornou ao local e cometeu o crime.

Policiais da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Tancredo Neves) foram até a creche e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os médicos constataram a morte de Maria Amélia ainda no local.

A polícia também investiga se o suspeito roubou algo da creche ou da vítima. O caso está sendo investigado pela delegada Jamila Cidade, da Delegacia de Homicídios Central, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


(Foto: Tailane Muniz/CORREIO)

Nenhum comentário:

Postar um comentário