cv

cv

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Câmeras de segurança registraram suspeito de matar sobrinha-neta de Sarney

O suspeito de matar a sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto, 33 anos, aparece em imagens da câmera de segurança do prédio no qual a vítima residia e foi encontrada morta. A Polícia do Maranhão divulgou as imagens, veiculadas pela TV Band na noite desta terça-feira (15), nas quais é possível ver a chegada do cunhado da vítima, Lucas Porto, ao local, por volta das 14h30. O carro dele entra no condomínio. Estavam no veículo a sogra dele, Mariana e as duas filhas da vítima. Eles voltavam da igreja. Após deixar Mariana e as crianças no apartamento, Lucas e a sogra deixam o local. Quase uma hora depois, Lucas é visto no elevador. Ele usa o celular e aparenta tranquilidade. É possível ver que ele aperta o botão do non o andar, onde mora a vítima. Às 15h54 ele é visto saindo do elevador de serviço do edifício. Mariana foi encontrada no último domingo (13), com marcas de asfixia. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu. A morte foi confirmada no hospital. Segundo a polícia, ela foi estrangulada e sufocada com um travesseiro. Preso na segunda-feira (14), Porto apresentava marcas de envolvimento em luta corporal. A polícia afirma que seriam indícios de que a vítima tentou se defender. Veja abaixo as imagens divulgadas pela BAND.


Nenhum comentário:

Postar um comentário