cv

cv

terça-feira, 18 de outubro de 2016

'Palhaço macabro' de Juazeiro afirma que se arrependeu: 'Foi só uma pegadinha'

O jovem de 18 anos que foi detido pela polícia após se vestir de palhaço em Juazeiro, no norte da Bahia, afirmou que está arrependido do que fez e que foi tudo uma brincadeira para chamar atenção para um canal de vídeos que ele criou. O músico Lucas Gustavo disse em entrevista à TV São Francisco que apesar do arrependimento acredita que já pagou as consequências pelo seu ato. Ele e um amigo passaram a noite na delegacia depois de serem flagrados assustando pessoas na madrugada de domingo (16). 

"A ideia surgiu quando eu vi que fazer uma pegadinha desse estilo ia ganhar uma grande visibilidade para meu canal, que eu tinha acabado de criar, com finalidade de ganhar um dinheiro", explicou o músico. "Como (palhaço) tá popular no exterior e também no Brasil, se eu fizesse essa pegadinha, a galera ia ver esse palhaço aqui em Juazeiro, esse palhaço assustador, dos EUA, aqui em Juazeiro. Dessa forma, o canal ia ter grande número de inscritos e a partir daí poderia criar meus testes sociais e vlogs", continua.

Ele e o amigo foram detidos no bairro de São Geraldo. "Teve arrependimento porque eu não cheguei a pensar, nem imaginar que ia repercutir tanto assim o que eu fiz. O problema é isso, porque várias pessoas estão transparecendo minha imagem como um criminosos pesado e não foi isso, foi só uma pegadinha, uma brincadeira sem graça. E teve as consequências. Só de ir para delegacia já foi ruim demais. Mas tem outras pessoas que acham que isso foi muito pouco", lamenta Lucas Gustavo.



Lucas passou noite em delegacia (Foto: Reprodução/TV Bahia)


Susto
Segundo a Polícia Militar, um dos jovens estava vestido de palhaço macabro e carregava um machado e um violão. Enquanto o palhaço corria atrás das pessoas que passavam pela avenida, um outro jovem filmava o susto dos pedestres. Depois de denúncias de testemunhas, a Rondesp foi acionada.

Ao chegar ao local, os policiais identificaram a ação dos jovens, que perseguiam um morador. Tiros de balas borracha foram disparados e atingiram o palhaço, colocando fim à brincadeira.

Em depoimento, os jovens confessaram que a ideia era gravar os vídeos das pegadinhas para que depois fossem publicados no YouTube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário