cv

cv

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Secretário de Cultura participa da abertura da primeira Fligê

O secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal, participa da conferência de abertura da Primeira Feira Literária de Mucugê (Fligê), na Chapada Diamantina, que acontece entre os dias11 e 14 de agosto. Ele irá abordar o tema “Histórias e memórias: a lavra da palavra”.

A Fligê vai ocupar diversos espaços da cidade com entrada gratuita. Conferências, encontros, lançamentos de livros, com autores convidados dos mais variados horizontes literários e outros da nova geração, são algumas das atividades programadas para o evento, que, nesta primeira edição, irá homenagear o escritor baiano Afrânio Peixoto (1876/1947), nascido em Lençóis e que dedicou sua obra a narrar histórias da Chapada Diamantina.

"Com certeza a Feira Literária de Mucugê vai ser um sucesso. Com a Fligê, a Chapada Diamantina entra para o mapa dos eventos literários nacionais e mostra o amadurecimento cultural de uma região admirada por escritores como o romancista Afrânio Peixoto, que será o homenageado nesta primeira edição. Ler faz bem a alma, e incentivar a leitura é um dever de todos nós", afirma Portugal.

A realização da primeira edição da Fligê é do Coletivo Lavra, em parceira com a Prefeitura de Mucugê e o Instituto Incluso, com apoio financeiro da Secretaria da Fazenda e da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. Trata-se de uma iniciativa que busca inserir a cidade, situada nas montanhas do Parque Nacional da Chapada Diamantina, no circuito de feiras e festas literárias realizadas na Bahia e no Brasil.

Leituras guiadas, contação de histórias, oficinas, estandes de editoras e apresentações artísticas também integram o evento, que ainda terá uma programação especial voltada para o público infanto-juvenil. O projeto abraça a arte literária e tem como mote a singularidade e diálogo com outras artes buscando potencializar a formação do leitor de todas as idades e valorizar o encontro do livro com o público, como experiência única.

A estrutura da Fligê acolhe a experiência da leitura em diálogo com escritores, vivências e personificações do texto em práticas sociais que envolvem a palavra e a imagem, a oralidade e o silêncio. Com programação diversa e intensa, a interação obra/autor/leitor é disposta em espaços multiuso e com atividades que provocam o encontro da literatura com diferentes formas de manifestação artística.
  
Programação

Centro Cultural de Mucugê
Conferências
Encontros
Show/Livro
Especiais (Proler 25 anos/Cinema)

Praça Coronel Propércio (Calçadão)
Estandes/Editoras
Apresentações Artísticas
Exposição/ Homenagem

Casa da Filarmônica
Lançamentos de livros
12 e 13 de agosto

Espaços Alternativos
Leituras Guiadas
12 e 13 de agosto

Escolas Públicas
Oficinas
12 e 13 de agosto

Escolas Públicas
Contação de Histórias
12 e 13 de agosto

Cesta do Povo
Fligêcine (Curtas-metragens)
12 a 14 de agosto 

Coreto Com’Vida
Intervenções Artísticas
12 a 14 de agosto

Nenhum comentário:

Postar um comentário