A,M

A,M

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Roberto Carlos troca bolinha no sorteio da Liga dos Campeões e causa polêmica



O ex-lateral Roberto Carlos roubou a cena no sorteio da Liga dos Campeões, nesta quinta-feira, e causou polêmica com um gesto durante o evento. Tudo porque após escolher uma bolinha, ele voltou a colocá-la junto das outras, embaralhou e voltou a tirar uma bola. Alegadamente, ele teria apenas cumprido o procedimento do sorteio.

A manobra do ex-jogador, atualmente treinador da base do Real Madrid, provocou suspeitas de uma possível armação, segundo o jornal espanhol “Marca”. Pelas redes sociais, os torcedores não perdoaram e insinuaram que o sorteio foi armado.

“Então, o Roberto Carlos mudou de bola no sorteio da Liga dos Campeões. O que eu digo... tudo armado!”, disse um jovem.

“Não sabia que usavam bolas quentes desde a fase de grupos. Roberto Carlos e Uefa = sujos”, escreveu um rapaz.

“Em cada sorteio da Liga dos Campeões, sempre há um antigo jogador do Madrid... E sempre há sintoma de bolas quentes como hoje, né Roberto Carlos?’, indagou um seguidor.

O jornal inglês "The Sun" chegou a questionar a atitude do ex-lateral, que considerou, “no mínimo, suspeita”. Perguntado pelo apresentador se teria "mãos quentes", Roberto Carlos respondeu que "tentaria mover (as bolinhas) como Seedorf", pouco antes de anunciar o Ludogorets, da Bulgária, no grupo A, junto com Paris Saint-Germain (França), Arsenal (Inglaterra) e Basel (Suíça).

Em junho, em entrevista ao jornal argentino "La Nación", o ex-presidente da Fifa Joseph Blatter afirmou que a Uefa direcionava os sorteios de suas competições por meio de "bolinhas frias".

Nenhum comentário:

Postar um comentário