cv

cv

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Operação busca vestígios de jovem desaparecida em córrego de SP

Membros do Corpo de Bombeiros fizeram buscas em um rio por pistas que possam ajudar a polícia nas investigações sobre o desaparecimento da vendedora Janaina Santos, de 28 anos. Os profissionais realizaram a operação no rio em que a bolsa da mulher foi achada. O córrego fica próximo da divisa entre Sete Barras e Registro, no Vale do Ribeira.

Janaina desapareceu no dia 28 de julho, logo após deixar seu ambiente de trabalho, em Registro. De acordo com uma amiga, imagens de câmeras de monitoramento de uma loja próxima de onde a vendedora trabalha mostram a mulher passando por uma rua e um carro a segue logo depois disso. Um funcionário de um posto de gasolina afirma ter visto o momento em que o carro, que possuía placas de Sorocaba, parou do lado da mulher. Segundo ele, Janaina teria conversado com o motorista do automóvel e entrou no veículo em seguida. Depois disso, ela não foi mais vista.

O Corpo de Bombeiros começou a realizar buscas no córrego que fica embaixo da Ponte do Itopamirim. Neste mesmo córrego, a bolsa da vendedora foi localizada por uma amiga que passava pela região. "Fizemos buscas dos dois lados [do rio], inclusive na água e até o momento não foi encontrado nada. Nem vestígios, nem nada que aparentasse que alguém passou por ali", afirma o Sargento do Corpo de Bombeiros Alencar Raimundo.

Amigos e familiares da vendedora seguem realizando buscas e tentam reunir informações que possam auxiliar nas investigações policiais. "A gente tá procurando no meio do mato e pedindo para os amigos fazer um grupo pra gente achá-la porque não sabemos pra onde ela foi ou se alguém a levou", explica Sumaia de Macedo.

O caso segue sendo investigado por agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Registro. "Foram expedidas mensagens para toda a Polícia Civil do Estado com as características dela. Então a polícia está empenhada no caso e tenho convicção que chegaremos ao responsável pelo desaparecimento da Janaina", explica o delegado Marcelo Freitas. As buscas seguem nesta quinta-feira (4).
Janaina desapareceu após deixar sem local de trabalho em Sete Barras, SP (Foto: Reprodução / Facebook)

Apreensivos
A mãe de Janaina conta que a filha estava sempre em contato e nunca deixava a família preocupada sobre onde estava. “É trabalhadora e vivia ligando para mim sempre que chegava aos locais ou quando estava indo embora também. É uma agonia. Estou agoniada porque não faço ideia de onde ela possa estar”, afirma a dona de casa Rosenei da Silva Santos.
Janaina Santos desapareceu no dia 28 de julho de 2016, em Sete Barras (Foto: Reprodução/TV Tribuna)Janaina Santos desapareceu no dia 28 de julho de 2016, em Sete Barras (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

Nenhum comentário:

Postar um comentário