cv

cv

domingo, 14 de agosto de 2016

Enterrado corpo de taxista assassinado na Ilha Amarela; oito já foram mortos neste ano

O taxista Ivan Pereira da Rocha foi morto a tiros em Ilha Amarela, no Subúrbio Ferroviário de Salvador (Foto: Reprodução)

Com forte comoção de familiares e amigos, o taxista Ivan Pereira da Rocha, 39 anos, foi sepultado na tarde deste sábado (13), no Cemitério Municipal de Plataforma. Ele foi assassinado com nove tiros na noite da última quinta-feira, em Ilha Amarela, bairro onde vivia, no Subúrbio Ferroviário.

A vítima foi o oitavo taxista morto em Salvador e Região Metropolitana este ano. Na despedida, o clima era um misto de incredulidade e de questionamento sobre as circunstâncias da morte.”Ninguém sabe o que aconteceu. É uma grande incógnita. Ivan era uma pessoa maravilhosa, querida por todos, que sempre abraçou os colegas”, disse emocionado o taxista Edvaldo Lopes, depois de fazer uma prece para os presentes.

Um amigo que preferiu não se identificar recorreu ao número de pessoas que compareceram ao enterro para falar da popularidade de Ivan. “Veio muita gente. Quatro ônibus, algumas vans. Tudo isso porque ele realmente era um cara de bem”. Muito abalados, os familiares não falaram com a reportagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário