cv

cv

sábado, 16 de julho de 2016

Filha de 6 anos de brasileira morreu em atentado francês; mãe está desaparecida


Uma menina de seis anos filha de uma brasileira está entre as 84 vítimas que perderam a vida no atentado terrorista em Nice, no sul da França. Kayla passava férias com a mãe, a carioca Elizabeth Cristina de Assis Ribeiro, o pai Silyan e as irmãs de quatro anos e sete meses quando um terrorista franco-tunisiano começou a atropelar pessoas com um caminhão. Uma multidão acompanhava a queima de fogos na comemoração do Dia da Bastilha.

A pequena Kayla morreu no local. Elizabeth, também atropelada, foi levada para um hospital. O pai conseguiu evitar que as duas filha mais novas fossem atingidas pelo caminhão. No Rio de Janeiro, a família ainda não sabe do paradeiro de Elizabeth. "Sabíamos que eles estavam passando férias em Nice, em um hotel próximo ao local onde aconteceu o evento. A Elizabeth sempre conversou muito conosco no WhatsApp, e estranhamos que ela não nos deu mais notícias. Minha avó mandou uma foto para um pastor conhecido da família em Nice, que reconheceu o corpo da Kayla. Agora ninguém sabe onde está Elizabeth", disse ao Extra o sobrinho de Elizabeth, Diego de Souza, 23 anos.

O consulado suíço em Nice confirmou a morte de Kayla, segundo a família. A mãe de Elizabeth e o pais de Silyan não conseguiram voo para ir até Nice e seguirão de Orbe, na Suíça, até a cidade francesa de carro.

Segundo o Extra, Elizabeth vive na Suíça há 20 anos e suas três filhas nasceram lá. Ela foi com a família até a França por conta da Eurocopa. Antes de voltar para a Suíça, no próximo dia 6, resolveram aproveitar parte do verão em Nice.

Nenhum comentário:

Postar um comentário