A,M

A,M

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Morre ilheense que precisou de cirurgia urgente


O ilheense Carlos Alberto Matos, que se encontrava internado no Hospital Regional, após sofrer um grave AVC, e não conseguir um neurocirurgião que atendesse pelo SUS, foi a óbito na madrugada deste sábado, (23).

O Sr. Carlos ficou em coma por cinco dias na UTI do Hospital Regional, após ter sido transferido do Hospital São José, por não ter vaga na UTI.

Segundo informações da família, tentaram negociar com um médico de Itabuna, para realizar a tão esperada cirurgia. Seu quadro era de extrema urgência, e necessitava de uma cirurgia, que custa R$ 14 mil.

O sepultamento aconteceu na manhã desse Domingo (24).

agravo

Um comentário: