cv

cv

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Estudante de Direito desaparece e família mobiliza a web: 'Sofrimento'



Familiares de Fernanda procuram informações sobre o paradeiro da estudante (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma estudante de 37 anos desapareceu em Guarujá, no litoral de São Paulo, na última quinta-feira (14). Amigos e familiares de Fernanda Pimenta Cerqueira, aluna de Direito em uma universidade da Baixada Santista, mobilizaram as redes sociais e estão contando com a ajuda e a investigação da polícia para descobrir seu paradeiro.

Em entrevista ao G1, o pai de Fernanda, Sebastião Macedo Pimenta, desabafou e disse que a família está frustrada com a situação. “A gente está aqui, sofrendo e esperando, porque não tem como fazer nada. É um sofrimento grande”, diz. Sebastião conta que Fernanda passou o Réveillon na casa da família, em Itapeva, no interior paulista, e os familiares não notaram nenhum comportamento estranho.
Fernanda mora em Guarujá e está desaparecida
desde o dia 14 (Foto: Arquivo Pessoal)

Após as festas de fim de ano, Fernanda, que tem uma filha de três anos de idade, retornou à Baixada Santista, na segunda semana de janeiro, para voltar a trabalhar e continuar estudando.

Aderbal Pimenta, irmão da desaparecida, relata que parte da família veio a Guarujá na sexta-feira (15), após receber a notícia do sumiço: "Não conseguimos a chave do apartamento dela, então estamos ficando em outro lugar", afirma. Ele diz que os familiares confiam no trabalho da polícia, mas estão mobilizando as redes sociais por qualquer tipo de informação.

Ainda de acordo com familiares, Fernanda havia se separado em novembro e, quando sumiu, estava sozinha em casa. Pouco antes de desaparecer, ela teria entrado em contato com o ex-marido, que levaria um objeto para a casa onde ela se encontrava.

O caso é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos. Até o momento, três equipes realizam buscas no Distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá. O delegado Luiz Ricardo Lara está no comando da operação.

De acordo com informações da polícia, uma equipe conseguiu entrar no apartamento de Fernanda, mas não encontrou nenhuma anormalidade. O único objeto que havia desaparecido do local é um aparelho celular de uso pessoal. Todos os documentos e bolsas da estudante estavam dentro da casa.
Fernanda tem uma filha de três anos e segue desaparecida (Foto: Arquivo Pessoal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário