cv

cv

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Ex-noiva processa Charlie Sheen após descobrir que ator tem HIV

A atriz pornô Scottline Ross, mais conhecida como Brett Ross, entrou com ação judicial contra Charlie Sheen após o ator ter revelado que tem o vírus HIV. Ela alega "estresse emocional e negligência" por ele não ter revelado que era soropositivo quando os dois, que chegaram a ficar noivos, começaram a fazer sexo, em 2013. 
De acordo com a Variety, os advogados de Ross dizem que representantes de Sheen chegaram a oferecer US$ 1 milhão para resolver a ação, além de 5% de tudo que o ator recebeu ao participar da série "Anger Management", em 2012. O processo corre em Los Angeles.

Ross conta que descobriu que Sheen tinha o vírus HIV ao ver medicamentos usados pelo ator para seu tratamento. Na ocasião, eles já tinham feito sexo pelo menos cinco vezes, segundo a atriz.

Um dia depois da revelação pública de Charlie Sheen sobre ter HIV, Scottline foi à mídia dizer que estava revoltada com a notícia. Ela afirmou que o ator nunca revelou que tinha HIV.

Ross descobriu que Sheen tinha contraído o vírus HIV ao ver medicamentos do ator para o tratamento da doença, após ter feito pelo menos cinco relações sexuais com ele no início do relacionamento. "Você me expôs ao HIV por um ano e meio", disse ao queimar fotos com o ator em um vídeo divulgado pelo "National Enquirer".

A atriz diz que depois Sheen ofereceu dinheiro a todas as mulheres que expôs ao vírus. "Você me ofereceu US$ 100 mil depois de eu ser praticamente casada com você... seu m****", afirmou, chorando."Você me jogou fora! Você me jogou no chão! Você me arrastou como se eu fosse um trapo! Você me disse como eu era uma m**** o tempo todo", continuou.

Sheen e Ross namoraram desde 2013 até outubro de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário