cv

cv

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Sete suspeitos de ataques são presos na Bélgica; polícia divulga foto de procurado




As forças de segurança francesas divulgaram neste domingo (15) a foto de um fugitivo suspeito de envolvimento nos ataques terroristas que mataram 129 pessoas e deixaram cerca de 350 feridos nesta sexta-feira (13), em Paris. Com advertência sobre ele ser muito perigoso, o comunicado policial alerta: "Não mexam diretamente com ele". Identificado como Salah Abdeslam, de 26 anos, o homem alugou o carro que levou terroristas à casa de shows Bataclan, onde 89 pessoas foram executadas a tiros. As forças de segurança do país acreditam que Abdeslam, que nasceu em Bruxelas, na Bélgica, esteja diretamente envolvido com o massacre de sexta. De acordo com a Folha de S. Paulo, ele é um de três irmãos suspeitos de envolvimento nos ataques. Um deles já foi capturado na Bélgica, enquanto o outro morreu nos atos terroristas. Sete pessoas foram presas neste domingo na Bélgica, suspeitas de conexão com os ataques na capital francesa, enquanto outras três foram detidas no país no sábado (14). Ao menos três dos sete homens bombas eram francesas, assim como é francês um dos presos na Bélgica. No Brasil, pessoas foram às ruas em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife, em atos de luto pelas vítimas dos ataques em Paris. Durante as manifestações, eles protestaram contra os atos terroristas e fizeram homenagens aos mortos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário