cv

cv

terça-feira, 17 de novembro de 2015

GOVERNO JABES INICIA PERSEGUIÇÃO IMPLACÁVEL A COMERCIANTES


Prefeito Jabes Ribeiro. Imagens: Só em Ilhéus e Diário da Bahia.
A acusação partiu de comerciantes ouvidos por este blog que pediram para não ser identificados. Essa matéria foi feita com base nos seus depoimentos. 
De acordo com as fontes, há duas semanas fiscais iniciaram uma série de visitas aos seus estabelecimentos. Exigem a apresentação de todos os documentos relacionados com os tributos municipais. Quando as empresas não têm qualquer tipo de pendência, começam a cobrar documentação que nada tem a ver com a fiscalização municipal, como: declaração do imposto de renda, RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), recolhimento de FGTS e número de empregados registrados. 
Os comerciantes que se sentem perseguidos têm em comum a participação ativa nos atos e reuniões do Fórum em Defesa de Ilhéus. No último dia 6, o coletivo organizou um ato público contra o aumento dos tributos municipais e da tarifa de ônibus.
Telefonamos duas vezes nessa manhã (16) para o secretário de comunicação da prefeitura, Valério de Magalhães, mas as chamadas (para o número terminado em 6802) caíram na caixa de mensagens. Este espaço está aberto caso o governo queira prestar esclarecimentos.
Comentário do Blog.
Caso seja verdade, é lamentável que o governo tenha tomado essa decisão antidemocrática e comum em sistemas ditatoriais. Se a acusação for real, o município só tem a perder, pois o setor terciário (comércio e serviços) é o seu principal segmento econômico, responsável pela maior parte do PIB de Ilhéus, conforme a tese de doutorado do professor e economista Elson Mira (UESC).


gusmao

Nenhum comentário:

Postar um comentário