cv

cv

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

CACÁ PERDE O APOIO DO SEGMENTO COMERCIAL EM ILHÉUS

Divergências entre o governo Jabes Ribeiro e comerciantes azedaram a boa relação que o vice-prefeito Carlos Machado tinha com o segmento comercial. Ele se iniciou na política como representante do comércio. O nome da sua loja (Cacá Colchões) é seu apelido.
Os dirigentes lojistas estão chateados com Cacá. O descontentamento aumentou depois da reforma tributária municipal aprovada em dezembro de 2014. Não se sentiram representados pelo vice-prefeito no processo. Ele se manteve em silêncio ao longo de todo o debate sobre o novo código, mesmo tendo dirigido a secretaria de indústria e comércio.
Cacá perdeu o apoio do único segmento que lhe dava a sustentação da representatividade. Conforme os dirigentes lojistas, o vice-prefeito não tem força política para conduzir o governo para um diálogo positivo com os empresários. Criticam especialmente sua pusilanimidade ao se submeter “aos desmandos do prefeito”.



correiodoestadobahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário