cv

cv

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Menino sem atividade cerebral sobrevive após pais desligarem as máquinas que o mantinham vivo


O pequeno Harrison ligado a aparelhos e quase três anos depois na foto ao lado


Harrison Ellmer, um garotinho britânico, foi diagnosticado com meningite com apenas três semanas de vida. Para aumentar o desalento dos pais de primeira viagem Samantha Baker e Adam Ellmer, poucos dias depois, os exames mostraram quea infecção tinha se espalhado pelo corpo, e eles ouviram dos médicos que seu bebê iria morrer. Devastado, o casal decidiu desligar os aparelhos que mantinham o pequeno Harrison vivo, mas, como por um milagre, ele continuou a respirar. 

Apesar disso, os médicos disseram a Samantha e Adam que o filho deles não tinha atividade cerebral, o que significava que ele não iria poder andar, falar ou se alimentar. Agora, com três anos, Harrison é considerado o "bebê milagre", desafiando a medicina e acompanhando todos os passos normais para um garoto de sua idade.
Harrison, agora com 3 anos, e a mãe Samantha


"Olhando para ele agora e vendo-o correndo por aí, andando de bicicleta e lendo livros, é maravilhoso. Harrison é cheio de vida e não podemos acreditar em como temos sorte em tê-lo", disse Samantha ao Daily Mail.

O casal agora espera uma menina, e o garotinho mal pode esperar para virar o irmão mais velho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário